quarta-feira, janeiro 03, 2007

E lá chegou o ano, sorrateiro, sorrateirinho, por entre lágrimas chuvosas de saudade do outro ano e sorrisos solarengos dele próprio...
Depois dos festejos, depois das passas e desejos ora sinceros ora obrigatórios, voltamos ao mesmo sítio...à consciência de dias e dias de preocupações bem apimentadas de emoções, ilusões, paixões!!!
Com tanto ões...até me apetece dizer uma bacorada...para animar a malta!!!
Mas o ano vem cinzento e apertado, cheiinho de indefinições, com tantas decisões a tomar(lá vem o ões!!!)vamos lá ver o que nos vão tramar...na escola, nos impostos e até o saboroso pãozinho vão aumentar!
A nós, professores, tenho esperança que mais não vamos levar e sossegados nos vão deixar até novas pancadas pedagógicas se lembrerem de inventar...(agora foi ar...)
Para todos os outros, espero do fundo do coração que as cores se tornem mais bonitas e que apesar de ser dificíl a esperança não morra...
Bom Ano!

4 comentários:

Anónimo disse...

Bom Dia!
Então as festas, correu tudo como planeado? Coragem para mais esta etapa... a minha filha está quase de abalada para Barcelona... para trabalhar e este coração anda estremecido. Valem as viagens que já estou a planear até àquela cidade para atenuar a ( quase) saudade. Como sempre, grata pelas tuas palavras. A ponte , ainda por cima pespegada à minha porta , horrorosa ... espero que tenha muitos clientes, pelo menos... Apareceu dinheiro do Governo para que o administrador do pólis desse andamento ao seu querido projecto... o resto das obras é que não há meio de acabarem...
Beijos.

Papagueno disse...

Olá desculpa, isto anda um pouco confuso por isso não tido muito tempo para te vir visitar. Este vai ser um ano difícil em todos os aspectos, para mim 2006 até acabou com algumas revelãções, esperemos que seja bom sinal.
BOM ANO!

Kalinka disse...

Depois da azáfama dos presentes de Natal, da caminhada desenfreada e decrescente para o Ano Novo, chega, sereno e mansinho o dia de Reis. Chega mansinho e já quase despercebido. Mas desde o dia 25 de Dezembro até ao dia 6 de Janeiro, há uma tradição que é genuinamente portuguesa, o cantar das Janeiras…
É maravilhoso ver os inúmeros grupos de pessoas que saem à rua, com frio, gelo e em alguns sítios até mesmo neve, para cumprir a tradição. Para ir de casa em casa, de porta em porta, de família em família, apenas para cantar e louvar os reis que visitaram o Deus-Menino. É importante manter estas tradições que são tipicamente portuguesas, onde se cultiva o convívio e a alegria.

Abraços sempre.

Anónimo disse...

Obrigada, amiga!!! E a minha Princesa bem precisa que torçam... por ela. Eu tmbém penso nos teus ( prícipe e princesa) que ou me engano muito ou andam a portar-se muito bem na escola e não só e que tiveram muuuitos presentes!!!
Beijos.