quarta-feira, janeiro 31, 2007

conversas...conversas...


-ninguém olhava para ti como realmente és
só viam aquilo que tu mostravas
a "louca"…
-mas é o que as pessoas querem...
-para fugires do que realmente és
-agora para quem gosto mesmo, é diferente!
merecem que eu seja eu…
mas o que é que tu achas que eu sou?
sou igual a uma montanha de pessoas!
apenas um bocadito mais sensível!
com capacidade de ver as coisas lindas da vida
e gostar delas e curtir,
o resto não me interessa.
fujo da maldade, porque não a suporto,
gosto de ajudar e quando não consigo sofro,
e quando amo os meus amigos é até morrer, dou tudo
e por amor...vou ao fim do mundo
aqui tens o meu testamento!

3 comentários:

Papagueno disse...

Não sei o que mostras por aí, mas desde que começas-te a comentar os meus posts que vejo, não a louca, mas a tal pessoa sensível que gosta de de ver e "curtir" as coisas lindas da vida. Como eu costumo dizer: Já que temos que aturar esta vida, vamos fazer um esforço para ser felizes. Um beijo.

rendadebilros disse...

Tu és única e as vozes que bradam sem saber nada, deixa-as dizer...
O fim de semana está aí... e alguma loucura precisa-se...
Beijos!

M.M. disse...

Olá Vareira!
Peço desculpa, pela minha tão longa ausência, prometo que irei aparacer mais.
Em primeiro lugar gostava de te agradecer (atrasadamente) o teu comentário a um post meu, no mês de Dezembro.
Em segundo, gostava de te perguntar se posso adicionar o teu blog ao meu.
E em terceiro lugar, comentar este post:
Pelo que li, no post, não creio que tenhas nada de louca.
Sensível e Sonhadora, talvez.
Aliás, quem não o é?
A vida são apenas dois dias: "Um para acordar e outro para amar".
Quanto ao que os outros possam dizer, deixa-os falar, costuma-se dizer: "Os cães ladram e a caravana passa" (creio que é assim que se diz).

Um beijinho:

M.M.