terça-feira, setembro 04, 2007

Meias...

Blogar ou simplesmente andar por aqui, leva-me sempre, por razões familiares, primeiro, e depois pela admiração e gosto pela escrita irregular...regular...leva-me sempre, dizia eu, ao blog escrita irregular!
Desta vez não posso deixar de comentar aqui o post sobre meias!
Na realidade, as meias são para mim o delírio inconcebível de uma civilização à beira de um ataque de nervos!
Ora vejamos...e neste momento já utilizo o plural majestático...estou nervosa...
Calçar uma meias, sejam quais forem, para Nós são sempre o dilema do dia...por isso Adoramos o tempo quente(e eu detesto calor...)para...não as calçar.
Começamos sempre por ver a côr, as risquinhas, os bonecos e afins.Sim, porque Somos daquelas almas doidas que de tudo tem um pouco!
Se combinam com a roupa interior...se combinam com os sapatos(mais são as vezes das sapatilhas e botas...)se em nada entram em choque com as calças(ganga de preferência...)e...finalmente se andam com amores sincronizados com a camisola!
Ora, a tarefa é engrandecida pelo sono de manhãs outonais que se avizinham...
Depois é o martírio!Se são até ao joelho e não apertam as minhas pernas de músculo já meio mole(meio!!!) arranjados e treinados dos tempos de outrora no ballet!Ou se acabam por ser aqueles mini pézinhos que fogem do pé "a raio que te apanho"!Não sei quem os inventou, mas de certeza que nunca provou a sensação maravilhosa de pé ao léu!!!
E quando se veste uma saizita?
Pesadelo!Temos sempre de ter 2 pares de meias calças...ou em licra...ou de vidro...com malha XPTO!Já Nos Vemos à nora para Nos Decidirmos o que comprar...
E o momento solene de as vestir...ou calçar??? ficamos desesperadas...(já chega o majestático...estou a relaxar...)começo lentamente pela perna esquerda(canhota que sou...)e vou cuidadosamente puxando, como quem faz um strip ao contrário...e ficando com a sensação de aperto...quando passo, vitoriosa à perna direita...já armada em carapau de corrida...foguete pela perna acima!É a loucura total...pois tenho de começar tudo novamente e concentrada, coisa que para mim é desastrosa!
Claro que depois da 2ª tentativa a coisa vai...mas sei que não chega ao fim do dia inteira...há sempre qualquer coisa que as atrai...para as desflorar!
E a custurazinha que no pé que nunca fica direita?Fica ali...para lembrarmos todo o dia a sua existência!!!
Mas...e...
Quando , já meia descabelada passo a porta de casa, penso ainda em mais uma noção importante para Nós(o majestático...sinal de nervos...): e, se Nos acontece alguma coisa e Vamos parar ao hospital e Temos de tirar as botas?Será que vão perceber que a meia do pé direito tem um mini buraquito?
Lá se vai o majestático...
Dilemas em final de férias...

4 comentários:

Gandin Tondela disse...

Há sempre duas meias... a direita e a esquerda...

rendadebilros disse...

Que "escrito" maravilhoso e bem-humorado, por isso é que eu gosto do Verão com calorzinho e tudo ( ainda vais ter saudades ... do calorzinho!!!) - sem meias ! - ou Inverno frio - meias enfiadas dentro das botas, se calhar com um buraquito ou as cores desbotadas, quem sabe? ... para dias chiques, no Verão há um spray ( sei de ouvir falar!) que se plica na perninha para parecer que se está a usar meias...
Gostei imenso do tema e do modo como o "atacaste"...
Beijos.

mjrola disse...

hihihihi...

rui guerra disse...

o foguete na meia é o pesadelo feminino.
e quando não se tem os tais dois pares disponíveis e surge o problema? fazem-se várias corridas para comprar mais um par e acontece outra vez o mesmo!!!
é claro que isto acontece porque temos pressa e o lado masculino da família está a pressionar, claro!