domingo, outubro 01, 2006

Hoje foi um dia de emoções.
Cheguei agora a casa e encontro o silêncio que procuro, mas que tanto temo.
Foi rever o meu passado numa escola que faz parte de mim
Passado que eu não soube aproveitar para ser melhor, para ser A melhor.
Perdi-me num emaranhado de desejos loucos e desgosstos adolescentes.
Hoje , bem de longe, vejo que perdi tanto e nunca mais vou consegui sentir o êxtase da música, do piano, do meu piano.
Mas outras coisas a vida me ofereceu para me tranquilizar a alma e o talento foi-se escondendo!
Mais emoções:a família que regressa por dias da Alemanha.Os olhares de saudade dos pequenos e o abraço do Vasquinho fez-me parar num momento para o sentir, para o ver perto de mim.O Lourenço é o olhar fugidio, mas o sorriso apaixonante.Ela, a mãe, a prima mais velha que tenho, continua serena, bonita, feliz.Foi a melhor escolha e mais dificíl.
Tantas emoções que acabam a ouvir a abertura do Idomeneo...música que entra no corpo, na alma e não me dixa respirar...
Quero parar o tempo, perder-me nas frases simples das cordas em conjunto com os sopros atentos...voar ao som de Mozart...
E não tenho ninguém para poder partilhar todos estes momentos que parecem vulcões dento de mim.Nunca senti tão profundamente tudo como agora...dizem que é a maturidade!
Mas tenho-te a ti Papagueno para partilhares comigo a música...Obrigado.

10 comentários:

LUA DE LOBOS disse...

gosto imenso dos teus "escritos" .

agora queria pedir um favor... se passas pelo meu blog porque tem um apelo muito urgente e eu sei que as gajas são bem mais sensíveis a apelos destes que os gajos :)
xi
maria de são pedro

rendadebilros disse...

Ai músicas músicas da tua alma encantada!!!!
Os teus comentários no meu blog são sempre muito queridos. Agora não sei se estás cada vez mais criança se eu estou a ficar velha!!!

papagueno disse...

De nada, aliás já sabia que ias gostar da música que pus nos meus blogues. Eu sei muito bem como é frustrante ter uma alegria, ou mesmo uma tristeza, querer partilhá-la com alguém e não e não ter ninguém. Mas tenho a música, uma companheira que está comigo desde que me lembro de ser gente. Como dizia Jim Morrison: "Music is your only friend
Until the end". Um grande beijo Mozartiano para ti também.

Bel disse...

Pois que voltes a tocar e a sentir a musica intensamente. beijo e boa semana

Pedro Nobre disse...

Gostei... hum papagueno a dar-te musica... risos ;)

Boa semana

Kalinka disse...

OLÁ AMIGA VAREIRA

Hoje, Feriado, para mim tb foi um dia de emoções. Passeei com a minha neta, demos muitas gargalhadas juntas, atiramos conchinhas para o rio Tejo, andamos com os pés na areia da praia fluvial...o dia estava de autêntico Verão.
Quero parar o tempo, e, sempre que puder, estar com a minha neta...

Beijokas.

Kalinka disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
rendadebilros disse...

Já há castanhas? Não tardam aí os magustos... avós , casas com quintal de outros tempos, tempos sem tempo, até parece que se passou tudo noutra galáxia... Aliás , tu deves andar mesmo noutro planeta... Sexta-feira livre, eu? Jamais aconteceu. Mas nem faço questão. Prefiro ter as actividades lectivas e as outras bem equilibradinhas pelos dias todos . Já não tenho voz para muitas aventuras.
Boa semana.

Anónimo disse...

Ok como não quero que fiques triste, dedico-te aquele post. Jokas.

papagueno disse...

Olá cá estou eu de novo, podias pôr um post novo, estou farto de comentar neste. Era só para te dizer que te deixei no Cinema um desafio que a Kalinka me propôs. Fico à espera da resposta.